Como procurar mercados lucrativos na nova economia digital? Esta uma pergunta que muitos empreendedores digitais procuram responder. Desenvolver uma boa ideia de negócio e explorar o mercado onde consolidar esta ideia é mesmo o primeiro passo de qualquer projeto de empreendedorismo. É sobre este tema que este texto vai falar.

Podemos dizer que existem 4 grandes desafios que podemos encontrar quando queremos iniciar um projeto de empreendedorismo digital.

1. Procurar Mercados e Nichos. A primeira parte do processo leva-nos a tentar encontrar mercados que nos interessem e tentar fazer uma primeira abordagem temática desse mercado na procura de nichos específicos. O que interessa aqui é fazer uma abordagem a um tema genérico e tentar afunilar esse tema. Depois de termos sub-temas podemos continuar o processo de afunilamento com mais sub-temas dentro desse sub-tema, e etc.

O que queremos é uma lista de uma área específica e uma árvore de sub-temas à volta dessa árvore.

2. Mercado com Volume de Pesquisa. Este é o segundo desafio de qualquer projeto: como encontrar um mercado que tenha volume de pesquisa suficiente por parte de usuários digitais que permite alavancar lucros no futuro. Sem pesquisa por parte de usuários não existe propriamente um mercado. O primeiro desafio é, então, usar todos os recursos necessários para que consigamos concretizar este estudo.

Há ferramentas que devem ser utilizadas neste estudo. A primeira deve ser o google trends. Imaginemos que temos um mercado específico que queremos explorar e queremos saber qual a tendência da procura por esse mercado. Esta ferramenta irá permitir perceber em detalhe qual o trajeto da procura. A segunda parte da pesquisa passa por introduzir no google adwords a palavra-chave que procuramos. Aqui saberemos em maior detalhe o peso em volume da pesquisa num determinado periodo. Se o google trends nos permite perceber a tendência, o google adwords dá-nos o volume concreto de pesquisa.

3. Saturação do Mercado. Depois de existir procura do mercado, o próximo passo é fazer uma simples análise nogoogle e entender como está o mercado em particular. Nesta fase temos que compreender qual é a concorrência e como nos podemos localizar dentro deste mercado. E aqui há que focar em dois elementos.

O primeiro é verificar se existe uma grande procura no mercado pelo nicho em questão. Se no google aparecerem milhões de páginas sobre um nicho em específico, isto é sinal de que conquistar o google irá ser difícil.

O segundo é verificar se existem sites já com bastante autoridade sobre o assunto. Isto significa que a implementação de um projeto irá demorar mais tempo uma vez que a concorrência é elevada. Um nicho de mercado com pouca procura irá ter nas primeiras páginas do google páginas de facebook ou da wikipedia. Isto significa ausência de websites que explorem o nicho em profundidade – e isto representa uma oportunidade.

4. Mercados que Compram. Será que já existem produtos no mercado que vendem? Nesta parte teríamos de pesquisar para saber concretamente se, em plataformas de afiliados ou de venda direta, aquilo que pretendemos vender tem volume que justifique o investimento do nosso tempo.

Exemplo

Vamos tomar um exemplo de forex trading. Forex trading é um termo muito genérico e teríamos que escrever tudo o que estará à volta deste termo. Comprávamos um livro de forex trading e começávamos a pensar em termos-chave que definam este mercado. O segundo passo é tentar perceber que tipo de pesquisa é feita neste mercado e nichos. Depois de ter obedecido o nosso critério mínimo de volume de pesquisa, tentávamos qual a saturação do mercado (para perceber se existiria concorrência elevada) para o mercado e para o funil de nichos que descobrimos. Finalmente teríamos que ter uma noção clara se é um mercado lucrativo (tanto globalmente como nos segmentos). Depois de feita a análise escolheríamos qual o setor que mais nos interessa.

Concluindo

Para consolidarmos um bom projeto de empreendedorismo digital com marketing de conteúdo, temos que ter (1) criar nichos dentro de mercados (2) mercados com volume de pesquisa elevado; (3) pouca competição no google e (4) perceber se pessoas que divulgam já esse produto fazem dinheiro